domingo, 10 de dezembro de 2017

Rio Guadiana

 Visitei algumas vilas próximas ao Rio Guadiana,  que faz divisa entre Portugal e Espanha. As fotos aqui foram tiradas às margens do Guadiana, na região do Algarve, Portugal.



domingo, 26 de novembro de 2017

Abandono

 Percorrendo as estradas em Portugal, pude observar uma grande quantidade de casas abandonadas. São casas antigas, certamente cujos donos ou herdeiros não possuem dinheiro e/ou interesse para reformá-las.

Minha mente criativa ficava imaginando quem já teria morado naquelas casas, que alegrias aquelas paredes testemunharam, que tristezas as janelas vedaram...

Pude entrar numa destas casas abandonadas. Era enorme, pé direito altíssimo, com lindas janelas, assoalhos e escadas em nobres madeiras e o tempo corroendo tudo, porém. Soube que por ali passara uma milionária produtora de vinho, irmãos que muito brincaram em suas férias de verão, uma mãe que ensinava o filho a ler (um filho que se tornaria um colecionador e cuidador de livros), homens que muito perderam em jogos no cassino anexo... Por um minuto, fechei os olhos e pude ver ali um menino correndo pelo corredor, feliz e arteiro, sem saber que décadas depois, ele voltaria ali comigo para me contar suas histórias e refazer a história!





sábado, 18 de novembro de 2017

Fim de tarde realmente dourado...



 Não gosto de cerveja, mas adoro vinho. E  meu sonho era passear pela região do Douro, em Portugal, e suas vinícolas: sonho realizado em outubro passado.

Numa tarde de outono, pude contemplar o por do sol às margens do Douro, depois de vislumbrar suas vinhas. Foi-me um momento tocante e inesquecível.

Nas fotos aqui postadas está um pouco do meu olhar em torno de Caldas de Moledo, na região de Peso de Régua.




sábado, 11 de novembro de 2017

Peneda-Gerês, Portugal.

 Pude me hospedar na região do Parque Nacional de Peneda-Gerês, no norte de Portugal. Foram apenas quatro dias, mas distanciada da internet e tão próxima da natureza e silêncio pude me sentir como se tivesse ficado lá por muitos mais dias, de tão descansada e relaxada que fiquei.A região é montanhosa, com um represa e pequenas vilas com suas casas de pedras a salpicarem a paisagem. Conversei com alguns moradores da região e fui tratada com uma enorme gentileza. Até colhi uvas por lá, fazendo minha pequena vindima particular... Enfim, uma daquelas experiências que não viveria se me baseasse apenas em guias de viagem, porém que me foi facultada por uma pessoa que frequenta e conhece bem a região. Gratidão!






sábado, 4 de novembro de 2017

Montalegre, Portugal

 Em outubro, passeei do sul ao norte de Portugal. Ao norte, em Trás-o-Montes, já na divisa com Espanha, visitei Montalegre, uma vila que a cada sexta-feira treze se enfeita com a temática ligada às bruxas e recebe milhares de visitantes. Além disso, Montalegre conta ainda com um castelo do século XIII. Foi uma gostosa surpresa passar por esta vila e ainda ter tempo de observar seu céu repleto de estrelas.



sábado, 21 de outubro de 2017

Fim de tarde em Lisboa

 Um céu lindo me acolheu no meu primeiro dia de volta a Lisboa, no início deste mês. Um por do sol fabuloso e uma lua cheia para completar. E foram mesmo dias muito iluminados os que vivi nessa estadia outonal em Portugal!


sábado, 23 de setembro de 2017

Passa tempo...

Numa noite nesta semana, eu e meu filho conversávamos sobre o passar do tempo. Com seus conhecimentos científicos (ele adora física, por exemplo) me dizia que estudos indicam que quanto mais idade temos, maior é a sensação de  que o tempo passa mais rápido.Então estou mesmo velha, pois sinto mesmo que este avançar do tempo está acelerado.Setembro entrando em sua última semana, uma nova primavera chegou, em breve a decoração de Natal já estará nas ruas e vitrines... O desafio então, é aproveitar, degustar o momento, sobretudo quando este é muito bom (para não ficarmos com a sensação de tempo perdido) e também sermos seletivo sobre onde empregarmos nosso precioso tempo.

Enfim, não só o tempo passar, mas sabermos passarmos por ele com mais sentidos...

sábado, 16 de setembro de 2017

Amo flores, sim! Mas ao contrário de muita gente, não ando fazendo festa pela chegada da primavera, sobretudo porque significará a chegada de dias mais quentes, e calor demais não me agrada.

Neste ano, pela primeira vez fui à Europa na primavera, e foi realmente lindo ver os jardins floridos, como esse da foto acima, anexo ao Palácio de Mafra, em Portugal. Mas o calor foi intenso na ocasião e interferiu muito negativamente na minha disposição para as caminhadas que tanto aprecio fazer.

Como já disse, minha estação preferida do ano é outono.. .Então, farei a mala em breve buscando o outono em outras bandas deste planeta...

sábado, 2 de setembro de 2017

Belezas

Mais uma foto que amei tirar em Portugal (em Ericeira). O mar, o céu, a casa branca, os caminhos, as plantas, as pessoas não mostradas pela imagem. Beleza somente.

sábado, 26 de agosto de 2017

Natural-mente

 Adoro essa profusão de ipês no inverno daqui. Primeiro os rosas me inebriaram, agora os amarelos. Eles fazem minha viagem da casa para o trabalho mais bonita e colorida. No final de semana passado fui sentir a natureza mais de perto (conforme se comprova na foto abaixo) e cheguei à segunda-feira saudosa de verde e silêncio e de um determinado alguém. Felizmente, durante a semana, pude sentir que chovia flores ao caminhar sob o ipê (da foto acima) na calçada da cidade grande. E, assim, minha saudade se amenizou...