terça-feira, 16 de dezembro de 2014

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Natal de paz

 Tenho buscado simplificar tudo na minha vida, inclusive o Natal... Já comprei no mês passado os mimos que vou dar aos meus familiares, pois quero fugir agora de shoppings  e lojas cheios. Infelizmente trabalho numa região que é meio que o olho do furacão das compras, então atravesso um mar de gente até chegar ao trabalho. Mas só de saber que não preciso entrar em lojas, enfrentar filas para pagar ou ter que ainda pensar no que darei de presente me sinto muito aliviada.O que falta fazer, e o farei hoje, é colocar alguns cartões natalinos nos Correios, pois esse é um hábito nostálgico que ainda gosto de cultivar, sobretudo para afetos distantes que não usam ainda emails ou outros recursos da internet. No mais, quero ter tempo em casa para rever filmes com histórias natalinas, preparar alguns biscoitos caseiros, fazer as rabanadas que minha família tanto gosta para a ceia, ouvir meu filho tocando "Noite Feliz" no piano, e estar pertinho dos que tanto amo...

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Amarelou

 Definitivamente, amarelo não é uma cor que eu costumava apreciar. Tanto que, pensando aqui, percebo que atualmente não tenho nada nesse tom no meu guarda-roupa (nem mesmo acessórios). Na decoração de casa também não havia nada em amarelo, até eu ganhar uma almofada fofa nessa cor e adorá-la! Creio que o amarelo começa a me conquistar... Tanto que adorei o armário amarelo nessa cozinha das fotos (daqui).

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Como um dia de domingo...

Fonte da imagem aqui

Hoje é segunda e chove na cidade...Ontem também foi um dia chuvoso, e foi perfeito para aconchego, um bom livro, chá, um suspense em DVD, piano, conversas no sofá. Adoro domingos, e adoro mais ainda domingos onde faço apenas o que amo fazer. Depois de um domingo como de ontem, nem me irritei hoje com o trânsito, batidas e com a cara um tanto quanto irritada dessa segunda-feira.

domingo, 16 de novembro de 2014

Paixões e imagem pessoal

Há tempos salvei a imagem acima (daqui ) porque era uma cozinha com um quadro da Audrey, e como todos que me conhecem já sabem, sou fascinada há anos por essa atriz! Tenho livros sobre ela, também tenho um quadro em casa com a imagem dela, ganhei um colar com a sua foto, carrego meu material de leitura diária numa sacola estampada com imagens da Audrey Hepburn... e foi essa sacola que fez uma pessoa do ônibus me perguntar sobre a sacola e a atriz e a conversa render para outros atores e filmes clássicos, evoluindo depois para músicas e livros. A pessoa, ao despedir, disse-me: " foi muito bacana conversar com você. Hoje em dia quase ninguém fala desses assuntos e sobre os clássicos". 

Mas o que fiquei pensando a partir desse evento é que como é mesmo bacana seguirmos nossas paixões, a vivermos no dia a dia e passar a ter a imagem pessoal ligada à elas: para mim isso é uma evidência que estamos sendo fiéis a nós mesmos e tendo uma vida mas gratificante. Então, quando uma pessoa me diz que viu um livro e logo lembrou de mim, quando me visitam e dizem que minha casa é a minha cara ou quando falam de viagens e logo me ligam ao tema é sinal que ando fazendo tantas atividades ligadas ao que aprecio que minha imagem se torna colada às minhas paixões. Dei a mim mesma um parabéns por isso!!!

domingo, 9 de novembro de 2014

Tiradentes

 Já morei em São João Del Rei, numa época que Tiradentes, que é colada em São João, não era ainda o atrativo turístico que é hoje... Depois de me mudar de lá, voltei muitas e muitas vezes a Tiradentes e São João Del Rei, mas nunca tinha dormido em Tiradentes... até o último final de semana! Demorei 8 anos para retornar à região e foi uma experiência incrível!!! A cidade estava bem vazia, quase sem turista algum, o que adorei, pois prefiro calmaria a multidões. Foi ótimo recarregar as baterias (e estas já foram testadas ao máximo na semana que passou...).









sábado, 25 de outubro de 2014

Sem queixas

Ontem sai para comer fora com meu filho, à noite, e num ponto da conversa falamos sobre o quanto é difícil para nós, humanos, elogiarmos uns aos outros e sobre o quanto é fácil recorrermos sempre às queixas e reclamações. Tenho tentado reclamar menos e agradecer mais, criticar menos e elogiar mais. Estou fazendo hoje uma lista de tudo pelo qual tenho que ser grata em minha vida para recorrer à ela sempre que acontecimentos testarem minha paciência e tolerância ou para quando eu me sentir impelida a me queixar. 

E tenho muito pelo o que ser grata. Muito mesmo!!!!

Deixar de reclamar pode soar, em certos momentos, como um comodismo (como no trabalho), mas vou preferir me manifestar apenas quando o que eu for dizer ou fazer realmente servir para fomentar mudanças... 

(A foto acima, que eu adoro, tirei em Lisboa no ano passado).

Gratidão!

domingo, 19 de outubro de 2014

Onde eu queria estar agora

 Dias de muito, muito calor por aqui. Definitivamente, não gosto de calor! Termômetro acima de 30 graus é uma tortura para mim. E em Minas não temos mar. O que me resta é pensar em lugares mais frescos, lembrar do mar... como uma fuga. Então retorno a Cancun, em pensamento e fotos.

















domingo, 12 de outubro de 2014

Playa del Carmen

 Quando estive no México no início do ano, optei por ficar mais dias em Playa del Carmen, que é pequena, charmosa, bem estruturada, além de ser muito bem localizada: de lá sai os barcos para Cozumel, é perto de Tulum e do aeroporto de Cancun. Adorei e recomendo! Depois de 5 dias em Playa, segui para Cancun, e lá curti apenas a estrutura do Resort All Inclusive, pois já havia feito todos os passeios que eu queria a partir de Playa.  E Playa tem sua Quinta Avenida, que na verdade é um calçadão charmoso só para pedestres com muitas lojas bacanas. Vejam um pouco do encanto de Playa nas fotos abaixo.